Follow by Email

domingo, 5 de fevereiro de 2012

QUANDO GENTE BOA FAZ A DIFERENÇA

Era uma manhã de quarta-feira, e estava levando minha mulher ao aeroporto de Guarulhos, onde trabalha. Onze horas, dia quente, estava chegando ao acesso para o Parque Ecológico do Tietê, sob a via férrea, quando vi que o semáforo não funcionava, e um rapaz controlava o tráfego; a princípio achei que seria alguém cujo carro quebrou, e segui mediante sua orientação. Agradeci, e ele aproveitando, me disse:  - Dá pra ligar pro CET? preciso trabalhar, e eu estou aqui com medo de que alguém bata de frente. De fato, como se passa em um curto túnel, e quem vem de um lado não vê quem vem do outro, isso seria muito provável. Consegui falar com o CET com algum custo, e percebi que surtiu efeito. Porém, o motivo desta minha postagem, é o quanto fiquei agradecido a esse moço que desinteressadamente ajudou a mim e outros em um espaço de tempo, sob um sol escaldante de quase meio-dia, e isso me levou a refletir que no mundo ainda há gente boa, que faz o bem pelo bem, e ainda que pareça algo pequeno, é grandioso perante o que vale, pois gente boa no mundo é jóia preciosa, e gente boa, quando age, faz a diferença.

3 comentários:

  1. Você tem razão! Como gente boa assim é coisa rara, tem mais é que noticiar mesmo!!!
    Nem tudo está perdido!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo querido! Sim, esses encontros com a gentileza nos fazem seguir e acreditar. Texto gostoso como as nossas conversas! Saudades, monge!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog!
    Realmente, cruzamos com tanta gente de má vontade, mal humorada, que não ajuda sem esperar recompensa, que quando nos deparamos com um pequeno gesto de gentileza e boa vontade, nos fazem ainda acreditar na espécie humana.

    ResponderExcluir